“Nasci na década errada. Queria ter nascido quando um ato de romantismo tinha valor.”
— Fábio Mendes.
Beijo Sombrio
THEME
“Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer. Devia ter arriscado mais e até errado mais. Ter feito o que eu queria fazer… Queria ter aceitado as pessoas como elas são. Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração… O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído. Devia ter complicado menos. Trabalhado menos, ter visto o sol se pôr. Devia ter me importado menos com problemas pequenos, ter morrido de amor. Queria ter aceitado a vida como ela é, a cada um cabe alegrias e a tristeza que vier…”
Titãs.  (via poetadoalem)

posted on Há 2 horas with 24.957 notas · via · source · reblog

buckyderp:

not-safe-for-earth:

vegandragon:

We used to be best buddies,

But now we’re not.

I wish you would tell me why…

OH MY HEART

'Do you wanna punch a Nazi? It kinda has to be a Nazi.'


posted on Há 2 horas with 44.786 notas · via · source · reblog

roboclaws:

bvckyybarness:

I’m with you till the end of the line.

This is literally the worst parallel to ever parallel in the history of parallels, I mean are you fucking kidding me.

it’s awful and the worst, but also it’s brilliant. because it’s not the serum or the spangly getup or even the shield that makes captain america: it’s steve rogers and his unshakeable faith in doing the right thing just because (precisely because) it’s the right thing to do. in ca:tfa, it is not without meaning that bucky’s death is the lynchpin of steve’s ironclad resolve to bring down hydra once and for all. the thing, though, the thing is that his faith is shaken enough that he goes down while bringing hydra to its knees, and he doesn’t make an effort to save himself.

fast-forward seventy or so years, and history repeats itself. i’m not sure steve went into that final battle knowing he’d die, willing to die; but i am sure that when he said, “don’t make me do this,” he wasn’t talking about killing bucky. it was never an option. they were always going to go down together, because what makes captain america is faith, and when steve tells the winter soldier to finish his mission it’s because he has given up.

i mean, if steve letting go of the shield (not dropping or losing; letting go, a calculated conscious gesture of surrender) ain’t symbolic enough, then this parallel should do the job.


posted on Há 2 horas with 24.672 notas · via · source · reblog

posted on Há 2 horas with 76 notas · via · source · reblog

sua boca pedindo beijo, e aumentando meu desejo, não demora e vem pra mim


“Você deixou ir embora alguém que tinha por você um amor absurdo. Alguém que sempre escolheria você entre todas as opções. Você não tem ideia do que provocava em mim, eu não sentia o chão quando estava com você, é como se mais nada existisse. Você tem noção do que é isso ? Não tem, e nunca vai ter. Nem eu sei da onde tirei tanto amor e forças pra aguentar tudo, pra ver todas as suas declarações pra outra, e mesmo assim eu continua atras, eu continuava a querer, a te amar a cada dia mais. E você nunca deu valor nisso, eu nunca fui nada pra você. Ficava igual boba inventando desculpas para mim mesma, pra tentar diminuir tudo. Você perdeu, perdeu cara. Já era, entre a felicidade passageira que eu tive com você, eu escolho a minha. Eu to bem agora, ainda não esqueci, nunca vou esquecer, mais só me lembrarei que de que dediquei minha vida por alguém que não era tudo isso. Mais não tem problema, eu aprendi, agora dou amor a quem me amar. Você vai viver assim de amores passageiros, porque ninguém te aguenta por muito tempo, e eu ? Eu vou ser feliz, e você não vai mais me ver.”
Perdeu. (via cissuras)

posted on Há 8 horas with 984 notas · via · source · reblog
“Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela… Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto “caçador” e fazem qualquer homem sofrer. Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável. Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples. Um dia percebemos que o comum não nos atrai. Um dia saberemos que ser classificado como “bonzinho” não é bom. Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você. Um dia saberemos a importância da frase: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas…” Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso. Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais. Enfim, um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito. O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras. Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.”
Mário Quintana.    (via revejo)

posted on Há 8 horas with 7.002 notas · via · source · reblog
“Ah! Se o mundo inteiro me pudesse ouvir, tenho muito pra contar, dizer que aprendi. E na vida a gente tem que entender, que um nasce pra sofrer enquanto o outro ri. Mas quem sofre sempre tem que procurar, pelo menos vir achar razão para viver… Ver na vida algum motivo pra sonhar, ter um sonho todo azul, azul da cor do mar…”
Tim Maia.    (via revejo)

posted on Há 8 horas with 51.538 notas · via · source · reblog

posted on Há 8 horas with 493 notas · via · source · reblog

posted on Há 8 horas with 5.430 notas · via · source · reblog